IMAGEM

IMAGEM
Vista panorâmica de ALENQUER

IMAGEM

IMAGEM
TROÇO Nº 1

imagem

imagem
TROÇO Nº 2

segunda-feira, 16 de junho de 2014

24 HORAS de LE MANS CLASSICS 2014

Caros slotistas

O previsto foi cumprido, chegar ao final das 24 Horas Le Mans Classics, não importando a classificação mas sim a participação da equipa Carta Motorsport / UDRC composta pelos pilotos José Carta, Bruno Matos, Sofia Crispim ( única senhora presente ), Tiago Alves, Bruno Francisco e Nelson Matos.
Foram 24 Horas de muita adrenalina e cansaço ao mesmo tempo, mas valeu a pena, grande festa do slot.
Todos os nossos pilotos sem excepção cumpriram aquilo a que se propuseram, chegar ao fim e desejar a próxima, tal não foi a satisfação de todos.
Quanto à prova em si, ela decorreu debaixo de temperaturas altas, ficando delineado que o primeiro piloto a ir fazer a primeira calha seria José Carta, para avaliar o comportamento do carro ( Porsche 907 L ) para logo depois fazer uma gestão apropriada, seguindo-se Sofia Crispim, Tiago Alves, Nelson Carvalho, Bruno Francisco e por último Bruno Matos. Foi sempre esta a ordem que se cumpriu ao longo das 24 Horas.
Acima de tudo a fase nocturna foi a mais desafiante, porque trás sempre dificuldades acrescidas, no entanto os pilotos ficaram bastante entusiasmados com a experiência vivida.
Uma palavra de apreço para todos, mas os mais sacrificados em termo de avarias no carro e mudança de pneus, foram sem dúvida o Bruno Francisco, Nelson Carvalho, Sofia e Tiago. As provas longas de slot são sempre assim, cheias de imprevistos como nas provas reais.

Em termos de classificação, ela ficou assim ordenada:

1º - Proslotcars - 6249 Voltas
2º - Wituku I - 6210 Voltas
3º - Azislot Team - 6093 Voltas
4º - AE Slot - 6044 Voltas
5º - BIPBIP Slotsport - 5950 Voltas
6º - Slot Arrábida - 5938 Voltas
7º - Carta Motorsport - 5246 Voltas

No que diz respeito à nossa equipa e pilotos a ordem de calhas foi assim a definida:

Calha 3 - José Carta - 900 Voltas
Calha 5 - Sofia Crispim - 869 Voltas
Calha 6 - Tiago Alves - 886 Voltas
Calha 4 - Nelson Carvalho - 871 Voltas
Calha 2 - Bruno Francisco - 814 Voltas
Calha 1 - Bruno Matos - 906 Voltas

Portanto o equlibrio foi a nota dominante, ao longo de toda a prova.

Os parabéns para estes guerreiros, que faziam a sua estreia em velocidade e logo numa competição de 24 horas, entregando-se como se estivessem a discutir os primeiros lugares.
Sorriu-lhes a vitória da humildade e fair-play demonstrado e reconhecido por todas as outras equipas presentes.
Uma última palavra para a organização, nas pessoas de Miguel Andrade, José Pedro Gil e António Reis, um grande abraço de parabéns pela prova que montaram ( nada fácil por sinal ), estando tudo dentro dos horários, até o das refeições que foram óptimas.
Para o ano se voltar a repetir-se a prova, lá estaremos presentes, mas desta vez com outras ambições, o de ficar no pódium, porque estes pilotos o bem merecem.










Sem comentários:

Enviar um comentário